Sobre

 

Localizada no Centro Histórico, próximo à praça da Matriz, a Casa da Cultura é o principal equipamento cultural público, de uma cidade que é patrimônio nacional do Brasil. Tem como objetivos, tanto a preservação e valorização do patrimônio cultural de Paraty, quanto o fomento à criação, produção e difusão de todas as manifestações artísticas na cidade.
Desde 2013, vem passando por uma revitalização: a gestão se atualiza, recursos são obtidos via leis de incentivo fiscal, e o que era um histórico de atividades culturais significativas, mas nem sempre com a desejada continuidade, torna-se uma programação permanente de exposições, apresentações e cursos de artes, música, cinema e teatro, o ano todo.

A política cultural que vem sendo implantada no município desde 2014 tem como prioridades: a criação de novos equipamentos culturais públicos e o fortalecimento dos já existentes; a salvaguarda, documentação e difusão do patrimônio imaterial de Paraty; e a ênfase nas atividades dirigidas aos jovens.

Nesse âmbito, em 2016 foi restaurada e reformada a Casa da Música, anexa à Casa da Cultura, e em julho de 2018, foi inaugurado o Cinema da Praça | Espaço Experimental de Cultura. Essas iniciativas possibilitarão que a atuação da Casa da Cultura de Paraty enquanto equipamento cultural público se concentre em três eixos:

1 – Patrimônio Cultural: Registro da memória, documentação e difusão;
2 – Artes Visuais: Exposições, educação e formação de público;
3 – Música: Educação, apresentações e formação de público.
A Casa da Cultura Paraty tem como patrono o Grupo Águas do Brasil, patrocínio do Grupo Globo através da lei Rouanet de incentivo a cultura, do ministério da cultura, do governo federal, e conta com o apoio da Fundação Roberto Marinho e da Prefeitura de Paraty.

Visite

  • Entrada gratuita.
  • Acesso grátis à internet no espaço do Café.
  • Não é permitido a entrada com alimentos e bebidas nos espaços expositivos da Casa.
  • Grupos devem procurar os monitores ao chegarem à Casa.
  • Fotografias sem flash são permitidas.
  • Não é permitido a entrada sem camisa nas dependências da Casa.
  • Nas exposições, não é permitido tocar nas obras.
  • Por determinação da Lei nº 9.294, de 15 de julho de 1996, a restrição ao fumo aplica-se à áreas total ou parcialmente fechadas e aos locais de circulação e/ou permanência de visitantes e funcionários.

HORÁRIOS DE FUNCIONAMENTO

  • Segunda, fechado.
  • Terça, das 12h às 21h.
  • Quarta, das 12h às 21h.
  • Quinta, das 12h às 21h.
  • Sexta, das 12h às 21h.
  • Sábado, das 12h às 21h.
  • Domingo, das 16h às 20h.